Copa, manifestações e cristãos

Copa, manifestações e cristãos

5 comments

  • Fabiana,

    Várias vezes neste vídeo você usou o termo “eu acho”. O que me faz crer que esta é a sua opinião, e tem todo o meu respeito, como leitora do seu blog e vlog.
    E, eu gostaria de dizer que já tive a mesma opinião que você.

    No entanto, eu gostaria de destacar alguns pontos, com todo o respeito, do Espírito de Profecia sobre este assunto.

    Primeiro, considerar a diferença entre divertimento e recreação é importante. O futebol e qualquer jogo de competição não me parece caber como recreação considerando a definição do Espírito de Profecia. Também o princípio deste tipo de esporte me parece contrário ao evangelho. Por exemplo, Jesus ensina a amarmos os nossos inimigos, os jogos nos ensinam que devemos vencer o adversário; o evangelho ensina a morte do eu, já os jogos competitivos exaltam o eu, e assim por diante.

    Leia este texto e veja qual deve ser o intuito da recreação cristã:

    É privilégio e dever dos cristãos procurar refrigerar o espírito e revigorar o corpo mediante inocente recreação, com o intuito de empregar as energias físicas e mentais para a glória de Deus. Nossas recreações não devem ser cenas de insensata alegria, tomando a forma de uma insensatez. Podemos dirigi-las de maneira a beneficiar e elevar aqueles com quem nos associamos, habilitando-nos melhor, a nós e a eles, para atender com mais êxito aos deveres que sobre nós recaem como cristãos. — Mensagens aos Jovens, 364.{LA 493.2}

    Não pensem que vocês podem unir-se aos amantes de diversões, aos imorais e amantes do prazer, e ao mesmo tempo resistir à tentação. —The Signs of the Times, 20 de Junho de 1900.{MJ 366.3}

    Ellen White fala claramente contra o futebol. Embora o futebol da época de Jesus não era o mesmo e nem mesmo o da época de EGW, o fundamento, os princípios me parecem ser os mesmos.

    “Não consigo encontrar nenhum caso na vida de Cristo que demonstre haver Ele dedicado tempo a jogos ou diversões. Ele era o grande Educador para a vida presente e futura. Não tenho conseguido encontrar nenhum caso em que Ele tenha ensinado os Seus discípulos a empenharem-se na diversão do futebol ou em jogos de competição, a fim de fazerem exercício físico, ou em representações teatrais; e, no entanto, Cristo era nosso modelo em todas as coisas. Cristo, o Redentor do mundo, deu a cada um a sua obra, e ordena: ‘Negociai [ocupai-vos, na versão inglesa] até que Eu venha.’ Luc. 19:13.” FEC, p. 229.

    Muitas das profecias estão por cumprir-se em rápida sucessão. Todo elemento de poder está para ser posto em ação. A história passada se repetirá; antigas controvérsias despertarão para uma nova vida, e o perigo cercará o povo de Deus por todos os lados. A intensidade toma posse da família humana. Permeia tudo sobre a Terra. E para quê?Esportes, jogos, divertimentos; as pessoas correm e se aglomeram e contendem pela supremacia. Aquilo que é comum e perecível lhes absorve a atenção, de modo que pouco pensam nas coisas de interesse eterno.{CT 345.4

    Um texto que fala sobre o futebol na época de Jesus:
    http://estudosdabiblia-i.blogspot.com.br/2013/01/os-jogos-nos-tempos-de-jesus.html?spref=fb

    No vídeo você também fala em equilíbrio. Temos que ter cuidado para entender bem o que é ser um cristão equilibrado. Laodicéia é uma igreja equilibrada dentro do conceito mundano. Ela é uma mistura do que é certo, mas nem tanto, pq não quer ser radical, é morna.

    Conceito de cristão equilibrado no Espírito de Profecia:

    Aquele que deseja construir um caráter forte e simétrico, e que deseja ser um cristão bem equilibrado, deve dar tudo a Cristo e fazer tudo por Cristo; pois o Redentor não aceitará serviço dividido. Precisa aprender diariamente o significado da entrega do eu. Precisa estudar a Palavra de Deus, aprendendo seu significado e obedecendo a seus preceitos. Assim pode ele alcançar o padrão da excelência cristã. Dia a dia Deus trabalha com ele, aperfeiçoando o caráter que deve resistir no tempo da prova final. E dia a dia o crente está manifestando diante dos homens e dos anjos um experimento sublime, mostrando o que o evangelho pode fazer por caídos seres humanos.{AA 270.4}

    Por último, acredito que este verso pode nos ajudar a tomar uma decisão quanto assistir ou não os jogos da Copa:

    Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4:8

    Que Deus te abençoe.

    Reply
  • “O governo sob que Jesus viveu era corrupto e opressivo; clamavam de
    todo lado os abusos — extorsões, intolerância e abusiva crueldade. Não
    obstante, o Salvador não tentou nenhuma reforma civil. Não atacou nenhum
    abuso nacional, nem condenou os inimigos da nação. Não interferiu com a
    autoridade nem com a administração dos que se achavam no poder. Aquele
    que foi o nosso exemplo, conservou-Se afastado dos governos terrestres.
    Não porque fosse indiferente às misérias do homem, mas porque o remédio
    não residia em medidas meramente humanas e externas. Para ser eficiente,
    a cura deve atingir o próprio homem, individualmente, e regenerar o
    coração”. (O Desejado de Todas as Nações, 358).

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *