Dia dos mortos – uma mensagem para os vivos

Dia dos mortos – uma mensagem para os vivos

Hoje é um dia de muita tristeza e saudade, pois é o dia de lembrar e homenagear quem já morreu. Bom, mas e se você pensasse no que deixou de fazer para aquele que se foi e usasse isto para melhorar algumas coisas que ainda são possíveis em vida?

 

5 comments

  • Bom dia. Vivo em um conflito enorme quanto às religiões. Não me sinto bem na igreja católica, nunca me senti acolhida e acho a missa mecânica. Não sei bem explicar o porquê. Me simpatizo com a igreja evangélica, porém não concordo com alguns pontos. Mas não frequento nada, costumo dizer que não sinto falta e invejo muito as pessoas que têm fé. Não possuo esse dom. Sou cética, acredito que seja por isso. O que ouço nas igrejas, fico contestando dentro da minha cabeça pois não há provas concretas para aquilo que é dito. Muitas vezes a fé é o que faz as pessoas acreditarem. Mas, mesmo não sentindo falta dessa comunhão com Deus, sei que é necessária. De que maneira eu devo agir?

    Reply
    • Lou, já fui como você e me acredito: mesmo sendo crente, questiono e muito! rs Nem todo cristão é cego de fé, muitos são racionais, procuram lógica para as coisas, respostas… nem sempre as teremos, e é aí que entra a fé, mas posso te dizer com certeza que o que temos de evidências são o suficiente para quando faltar a “prova”. Uma dica é estudar a Bíblia, estudar por temas (posso te indicar guias que facilitam o estudo) e ao conhecer mais profundamente, também vai se aproximando dAquele que deixou esta palavra. Que tal? beijocas

      Reply
      • Nossa !!! Como eu já fiquei com essa dúvida tbm a algum tempo atrás. …mas graças a imensa graça e misericórdia de Deus eu esperimentei um amor maravilhoso dentro de sua presença. Eu era católica por causa da minha família e religião, hj sou cristã por amor a Deus.
        “Por quanto todos quanto o receberam (Jesus), deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus”
        “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigenito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna”

        Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *