Feminismo

Feminismo

Muitas garotas me perguntam sobre este assunto e vejo que há muita confusão a respeito. Um motivo básico é a falta de estudo e ponderação sobre o tema, a gritaria das “feminazi” (estas radicais que saem mostrando os seios na TV para supostamente chamar a atenção para a causa), o radicalismo de esquerda que dita a agenda… enfim. Todavia, acredito que com bom senso, respeito e um tempo dedicado a estudar, podemos compreender estas questões que nos cercam no dia a dia e interferem diretamente na nossa prática cristã. O vídeo ficou um pouco longo, mas espero que consigam ver e pensar sobre este tópico.

17 comments

  • Fabi, acho que vc está bem equivocada com relação ao feminismo!
    Assim como muitas meninas!

    Infelizmente é assim que se dissemina a ideia do feminismo sorrateiramente! Se você leu o segundo sexo, e sabe quem é que dita as regras para o movimento feminista, você sabe que feminismo não combina com cristianismo!

    Direitos femininos e da mulher não são direitos feministas!

    Feminismo serve para estimular aos poucos uma segregação entre homem e mulher e é dessa maneira “suave” que as meninas começam a entrar nesse meio!

    Você entra em contradição quando você mesmo fala que as feministas não brigam pela igualdade. Na realidade você entra em contradição várias vezes no fim do vídeo! Não tem como ser feminista e cristã! Portanto, você sabe que o movimento não condiz na realidade com a retórica das redes sociais! O vídeo ficou meio sem nexo! Reassista!

    Não estou dizendo isso para lhe agredir, pelo contrário, apenas para você obstar um pouco o que está por trás da retórica das redes sociais e da bandeira romântica do feminismo!

    Reply
  • Amo os vídeos dessa moça, mas de feminismo ELA NÃO ENTENDE NADA!!!.
    Era pra eu ter parado de escutar em : casou e teve filhos, não tem nada de feminista. OIII? Feminista casa, tem filhos, se depila, faz maquiagem… Podemos ser feministas e femininas
    Agora essa moça anda lendo muito Olavo de Carvalho, escutei ele falando só que numa voz feminina, rsrsrsrs. Querida, as feministas não apoiam o aborto, mas a descriminalização. Não apoiam o uso de decotes, mas pedem que respeitem as mulheres que o usam. O direito ao voto foi uma conquista delas, nas ruas, os homens detinham o poder de mudança na política. Quando falamos em minoria não se trata de quantidade, PELOAMORDEMAE, os negros não são minoria em quantidade, mas nos altos cargos, a mesma lógica serve para as mulheres. A luta não é pra sair dando pra todo mundo, mas se a mulher quiser dar, que não venha um cara e a estupre por achar que o corpo dela é público. O feminismo não prega o ódio aos homens, sim, é claro que existem feministas que os odeiam, mas feminismo não é uma religião com uma cartilha a ser seguida, nós discordamos em muito aspectos, odiar homens não é nossa pauta, não confunda feminismo com FEMISMO, são coisas diferentes. TODO mundo acha que abrir a porta do carro é gentileza, e as FEMISTAS odeiam isso. O feminismo luta por igualdade SIM, mas a pauta é a mulher, ou você já viu a militância negra lutar por branco, ou a militância GLS lutar por heteros? Não. Da mesma forma, a militância feminista luta pela mulher. Nada impede do homem fazer a própria luta sobre o que é injusto. Nem lembro mas todos os tópicos, mas só os leigos vão aplaudir esse vídeo. As feministas exageram? SIM, Muitas! Mas não posso julgar uma corporação pelas atitudes de um pelotão.

    Reply
    • Carlinha, discordamos sim em vários aspectos, mas só pra reiterar, eu deixei bem claro que existem tipos e tipos de feminismo e justamente por ter militado, discordo da ala radical e “femista”. Meu ponto aqui é que com o cristianismo puro vivido na “prática”, eu não preciso da agenda feminista (que em muitos aspectos vai contra os valores cristãos e sabidamente perambula pelo marxismo) para lutar pelo respeito e valorização das mulheres. Sim, exijo respeito para meus pares, sim, quero que respeitem tanto uma mãe amamentando, quanto uma mulher que queira usar seu decote, mas isto é humanidade, não é feminismo, entende? De qualquer forma, seja bem-vinda aqui para comentar sempre que quiser!

      Reply
    • Sempre a mesma conversa, falacias de sempre. Femismo não existe, já viu alguma femimiminista “radical” se dizendo femista? Vai nas páginas sobre femimiminismo pra ver se quando tem postagens misândricas, se alguma fica contra.

      Reply
  • Concordo com tudo o que vc falou falou Fabi, aliás tenho certeza de que nós mulheres perdemos o direito de ficar em casa e cuidar dos filhos por exemplo, isso é triste e traumatizante tanto para a criança como para a mãe. As amigas e familiares acham que a pessoa enlouqueceu por deixar de trabalhar e cuidar da criança e acredito que ñ há problema algum, uma mulher fazer esta escolha.

    Reply
  • Vale salientar que o movimento feminista surgiu a partir das ideias de Karl Marx, um pesador que tinha por propósito destronar Deus e a família e usou como meio para sua crítica, o capitalismo (existem estudiosos que expressam essa ideia). Devemos estudar o assunto para compreendermos suas origens e nos posicionarmos num mundo onde somos “forçados” a viver uma teoria contrária a nossa fé. Sobre o vídeo, achei muito interessante! Abraços Fabi!

    Reply
  • Deus, em sua bondade infinita, deu sabedoria para você traduzir em palavras o que eu penso. Agradeço a ele por isso, agradeço a você, Fabi, por permitir ser usada. Que o Senhor te abençoe sempre. Abraço.

    Reply
  • Fabi, tu é fera, nega.
    Quando você vem p Recife?? Queria comprar seu livro q fala sobre a mulher, mas n sei onde encontrar. Já fui na saraiva e outras livrarias e n encontrei.
    Bjao e q Deus lhe abençoe ainda mais.

    Reply
  • Olá, eu sou Amanda!
    Vim aqui pra dizer que seu vídeo ficou show. Concordo muito contigo em vários pontos e ainda me fez abrir a mente pra que eu me interesse em ler mais sobre diversos assuntos, sejam bíblicos ou coisasmais atuais.
    Admiro muito todo seu trabalho no blog, no canal e também te admiro como pessoa! Que Deus continue te abençoando muito. Bjs ♥

    Reply
  • Fabi, gostei muito do video mas acho que ficou faltando aprofundar na questão do machismo atual, no sentido da objetificação do corpo da mulher mesmo. Eu entendo quando você fala sobre a desvalorização do corpo da mulher pela própria, mas não fomos nós quem começamos isso, e acho que o principal foco de transformação atual, deveria ser nesse sentido. Eu sinceramente não me sinto segura andando sozinha. E isso não tem só a ver com o tipo de roupa, infelizmente! E não quero dizer que com isso quero poder usar roupas que exibam meu corpo e que todos engulam! Quero dizer que mereço respeito e não quero ter que sair de casa andando rápido, com medo de alguém fazer algum mal, ou tendo que desviar o olhar quando receber alguma cantada.
    Pra mim isso não é nem uma luta feminista em si, mas sim social porque acredito que para um bom funcionamento de uma sociedade, deve existir respeito acima de tudo. E além disso acredito ser essa uma luta cristã também! Já escutei diversas vezes na igreja sobre as provocações femininas com roupas, especialmente, entretanto não vejo tanta preocupação em se transformar o pensamento masculino. As igrejas e a sociedade em geral, se horrorizam com o comportamento feminino mas pouco comentam sobre a virtude do respeito, que está escassa na sociedade atual.
    Consigo entender também o descrédito que tais escandalos causam e realmente não consigo pensar em uma solução, fica em aberto…
    Enfim, como disse no começo, gostei muito do video e concordo com boa parte dele, há sim uma disperção nas vertentes feministas que de fato lutam por besteira, mas existe algo muito mais importante que parece ser sombreado pelas luzes de coisas que não importam tanto.
    Fica com Deus Fabi, que Ele continue te guiando e iluminando assim como tem feito!
    Com carinho, Lara

    Reply
    • Lara, acho sua sugestão ótima. É realmente lamentável que hoje em dia ainda tenhamos que nos trancar em casa, com medo de sermos atacadas, estupradas (vestindo-se sensualmente ou não). Fico pensando que muitas destas mulheres falharam justamente na formação de seus homens em casa, ainda crianças… mas esta é uma questão ampla e profunda. E sim, vou gravar um vídeo sobre o machismo. já anotei aqui. Obrigada pela sugestão e também por comentar! beijocas

      Reply
  • Fabi, hoje você acalentou meu coração. No mundo onde quem pensa diferente é taxado de conservador e retrógrado, ver que exitem pessoas que compartilham dos mesmos pensamentos que eu é, realmente, confortante. Parabéns pela sua clareza em expor o tema e embasamento tanto bíblico como bibliográfico.

    Reply
  • Falou e disse Fabi!
    Sou totalmente a favor da mulher ser trabalhadora, independente de ser “fora” ou no lar.
    E acredito que o feminismo hoje está somente ligado na questão sexual, eis o que a maioria relata.
    Sou Cristã, e acredito assim como você que na Bíblia há resposta para tudo.
    E há quem idealiza tudo e não possui embasamento algum.
    Sou feminista quanto luto por igualdade e justiça?
    Adorei o tópico! Parabéns!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *