Indiretas

Indiretas

Às vezes falta coragem para dizer algumas coisas para as pessoas ou enfrentar uma situação incômoda. Mas o que a Bíblia aconselha a fazer quando temos um problema com nosso irmão?

33 comments

  • Eu já fiquei dos dois lados da moeda ! Existem pessoas que jogam várias indiretas pra mim, mas confesso que também já fiz indiretas. Hoje, procuro pensar muito bem antes de julgar algo ou alguém. Não é tão fácil chegar na pessoa e conversar, sem indiretas. Até porque, o que mais existe são pessoas que trazem a fofoca até você né !? Que Deus me dê graça para conseguir ser direta sempre. Bjs

    Reply
  • Fabi, tem gente que ainda pousa de santa. Na frente é um amor, mas por trás é tão covarde que dá nojo. Passei uma situação dessa, e a criatura teve a ousadia de ir fazer uma “novela”. Chorou, pediu desculpas, babababaab…bem, o fato é que “palavras quando não precedidas de ações, perdem seus significados”. Se tem problema, fale. O melhor remédio ainda é a verdade. Não deixe que intrigas te incomodem, com amigos, ou…sei lá o que. Mas não conseguindo chegar até a pessoa, para os devidos esclarecimentos. Ore. Ore muito!

    Reply
  • Uma amiga certa vez ficou estranha pergunteii ela disse que já tinha perdoado, o duro que não sei nem porque, mas ela não quis falar. Nos falamos de boa, mais se ela falasse poderia evitar repetir o erro.

    Reply
    • Fabi já passei por uma situação omde uma pessoa me magoou muito. de repente a pessoa acha que eu não sirvo mais para ser amiga e começa a me maltratar, a me desprezar, a falar mal de mim para pessoas e ainda contou alguns segredos meus que compartilhei com ela.
      Eu tentei falar com ela saber o que estava acontecendo mas sempre insistia que ão era nada que era coisa da minha cabeça. Confesso que depois de um tempo comecei a mandar indiretas no facebook, a desejar mal a ela, mas percebi que esse não era a melhor solução. Então comecei a orar por ela, cheguei nela pedi perdão por qualquer coisa que eu tenha feito que possa ter magoado ela, e mim senti bem melhor.
      Hoje acho ela tem algum arrependimento do que fez comigo pois ela tenta ser minha amiga de novo. Depois de tudo que aconteceu acho difícil agente voltar a der amiga de novo, eu fico com pé atras em relação a ela. E ai FABI sera que ela merece uma outra chance? E se merece, será que posso depositar tanta confiança nela novamente?
      Responde por favor, quero saber sua opinião.
      beijocas pra você………………

      Reply
      • Ma, perdoar é restituir tudo, mas é claro que uma das consequencias é esta falta de confiança que agora reina e só o tempo e oração é que dirão se amizade poderá voltar ao que era…

        Reply
  • Oi Fabiana, fiquei muito feliz em ver tua opinião sobre esse assunto pois acho muito delicada a postura que algumas pessoas tomam a esse respeito dentro e fora da igreja. Sou jornalista e fotógrafa, tive a oportunidade de trabalhar com campanha esse ano, e, consequentemente estar por dentro dos debates que estava sendo travados não só pelos candidatos com que trabalhei nesses últimos 4 meses, mas os chamados cabeças de chapa (governador e presidentes ou presidentas).

    Fiquei e fico muito triste em perceber a visão torpi que alguns não cristãos tem sobre o tema, aliás o próprio posicionamento de alguns irmãos e até pastores me deixam bastante confusa. Não sei dizer sobre os meu pastores, pois nunca sentei com eles para pedir orientação deles sob a luz da bíblia. Resultado: fico tateando o vento, ou o famoso cega em tiroteio. Mesmo assim consigo ter claramente opiniões formadas sobre vááários assuntos polêmicos que foram levantados durante a corrida eleitoral esse ano.

    Sou uma defensora voraz do estado laico, não tem como não ser assim, afinal de contas a formação do povo brasileiro se deu de maneira muito diversa em todos os termos inclusive, e diria principalmente, no âmbito religioso. Como cidadã brasileira não consigo sentir-me superior, ou com mais direitos do que um homossexual, uma pessoa adpta da umbanda, um jovem que é a favor da descriminalização da maconha ou uma mulher que é a favor do aborto. Vejo por aí muitos candidatos se apoiando na “defesa do estatuto da família” para angariar apoio e votos de nossos líderes espirituais e os seu respctivos rebanhos.

    O pastor Martin Lutter King, nos EUA foi um grande defensor dos direitos civis, um ícone da luta pela igualdade social sem agredir ninguém moral ou fisicamente. O que tenho encontrado por aí a fora são pessoas que pregam um discurso de ódio fantasiado de respeito à família e ao amor pregado por Cristo há 2014 anos atrás. Não estou dizendo que sou a favor da união homoafetiva, afinal de contas como cristã tenho perfeita clareza do que é a criação de Deus, de que a mulher foi feita para o homem e vice e versa. Mas quem sou eu para dizer que isso no meu país não deve acontecer de acordo com a lei do homem? Eu jamais abortaria um filho, mas que sou eu para impor os meus princípios à mulheres que desejam ter esse direito de fazê-lo sem serem criminalizadas ou ofendidas? Eu não faço uso e nem trafico de drogas, mas que sou eu para dizer que descriminalizar é um atentado contra a família?

    Enfim… sei que é muito delicado dizer tudo isso, mas a compreensão que tenho é que o amor de Deus não é compulsório. Nós não fomos e nem devemos obrigar ninguém a acreditar que os valores estabelecidos na bíblia são absolutos e devem ser obedecidos cegamente por todos e todas, devem reger toda uma sociedade… por uma razão simples: livre arbítrio. Deus nos presenteou com a vida, todos nós cristãos ou não, e nos deu nessa vida a liberdade de fazermos com ela o que acharmos bom perfeito e agradável a nós. Para mim, que sou cristã, a vontade de Deus é BOA, PERFEITA e AGRADÁVEL. Não tenho dificuldade alguma em seguir e acreditar naquilo que a palavra me diz. Mas se o direito do meu próximo de cultuar seus orixás está sendo cerceado, eu compreendo que o meu direito de cultuar o Deus de Abraão, Isaac e Jacó também está correndo sério risco de ser desrespeitado. Como você bem falou: a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

    Como cristã, não me relacionaria com outra mulher, não abortaria um filho, não faria uso de drogas ilícitas e não cultuaria outros deuses. Mas como cidadã, acredito PIAMENTE de que o direito de quem quer fazê-lo sem ser hostilizado(a), criminalizado(a), julgado(a) PRECISA ser garantido de alguma forma. Mais uma vez o Brasil é um país de natureza plural, como nenhum outro. E essa pluralidade é fruto do maior presente que o Senhor nos deu: a liberdade. E que ele me perdoe se eu estiver enganada, mas eu acho que levar os valores bíblicos para dentro do senado e do congresso nacional pode gerar um prejuízo enorme, a criação de um estado fundamentalista só geraria mais ódio ao povo de Deus.

    enfim essa é minha opinião… como cidadã e como cristã!

    Reply
  • Gosto muito dos seus vídeos e hoje resolvi deixar uma sugestão. Que tal um vídeo sobre feminismo? Quem sabe falar um pouco da história do feminismo, as implicações para a mulher cristã etc. Ressaltar pontos positivos e alertar para os negativos seria muito interessante.
    Mas se você achar que está não é bem a linha do seu blog/vlog, me contento com algumas indicações de leitura. 😉
    Abraços

    Reply
    • Eu acho a proposta ótima! Já até ensaiei um livro a respeito e está na gaveta… mas vou pensar no vídeo sim, gata! Valeu pela dica!

      Reply
  • fabiana, nãos sei se a sinceridade é sempre a melhor saída.. eu sempre fui muito sincera.. e ultimamente tenho dado indiretas às vezes.. pq acho que às vezes resolve mais.. não sei te explicar o porquê.. mas acho que de repente indiretas mais educadas, são melhor saída do que muitas vezes um papo sincero.. pq tem pessoas que são super sacanas.. que fazem determinadas coisas exatamente pra vc se importar de alguma forma.. pra te verem ficar mal!! e indo até elas, vc acaba caindo no jogo… e outra.. nem sempre aquilo que vc tem na cabeça, sai da mesma forma quando vc tenta falar com a pessoa.. às vezes sai tudo do jeito errado.. tendeu?? bjs!

    Reply
    • vdd concordo com vc isto acontece comigo. mas hj parei ate com as indreas. Resolvi tentar esquecer e excluir a pessoa mesmo do meu rol de amigos q são pouquissimos! Mas melhor a qualidade doq a quantidade.

      Reply
  • Já tava com saudades d novos videos, fabi já fui vitima sim varias vezes. As vezes a pessoa nem me conhecia e me achava com rosto de patricinha e falavam mal de mim, depois de um tempo me conhecia e via que eu não era nada daquilo. Também no emprego que trabalhei a pessoa queria a área que trabalhava, começo a ser puxa saco do meu 2 chefe e começo a falar mal de mim, por fim depois de um tempo eu 2 chefe saiu e assumi a área. Mas a cara de pau dele………
    Beijos Beijos. #amojeitodafabi #++++videos

    Reply
  • Oi Fabi, queria saber como resolver uma questão… qd vc gosta de uma pessoa da msm igreja q tu… e ela sabe, mas por um bom tempo fingi que não por causa de seus estudos, mas ai td nd o individuo, revolse dizer q ta sabendo e q não qr ti magoar, ai no calor do momento q uma responta q consegui dar é dizer…. meu irmão o carinho q tenho por vc é de Deus, só quero o seu bem,,,,,, ou seja tentando dizer que …não vc ta enganado eu to óoootima, to nada,,,,,, mas i ai continuo com essa ja que td indica q ele corresponde ao sentimento mas q no memonto não qr nada alem do estudo, ou não ponho td em pratos lindo….
    grande bj Deus te abençõoooeee mtmtmtmtmtm

    Reply
  • ola fabi gostaria de saber qual e a sua opnião em relação a pastores que so prega prosperidade,vitoria e mais vitorias quando na verdade deveria pregar mais sobre salvação,amor,resumindo apenas sobre Jesus que veio ao mundo nao para dar bens materiais ,vitorias (obs: nem ele teve so vitoria aqui na terra pois teve dificuldades como qualquer outro foi humilhado etc .. ) ele veio para dar salvação e que nos cristãos seguíssemos o exemplo dele.Porem isso nao acontece hoje em dia os pastores so prega sobre prosperidade,vitoria,unção .. por que nao seguir o exemplo dele que veio pregou amor,curou doentes …ele não deveria ser a nossa base como exemplo oque voê acha disso ?
    fika na paz

    Reply
  • Oi Fabi, já dei muitas indiretas no face até que a pessoa se ligo que era para ela. teve uma que me dei mal, e no momento estou sem coragem pra chega e resolver. triste isso viu.

    Reply
  • Fabi… Estou passando por aqui pra dizer que você é uma pessoa abençoada! Que o nosso Deus continue guiando sua vida, seu ministério, sua família e os seus sonhos. O clube das princesas de Cariús – CE ora muito por você. Um forte abraço!

    Reply
  • Estou com um probleminha com uma amiga, ela tem feito algumas coisas muito erradas, mas não tenho coragem de confronta-la com o assunto, também não fico enviando indiretas para ela… Mas que dá vontade, isso dá…

    Reply
  • Ah amei esse vídeo <3 sempre fui de conversar, chamar a pessoa e conversar. Não gosto de ficar alimentando sentimentos que não nos ajudam em nada. Se a pessoa não ligar pelo menos fiz a minha parte.

    Reply
  • Fabii eu e minha irmão nao conversamos mais, agente discutiu pq ela se em comodava de mais com meu relacionamentos, ai na outro semana fui fala com ela, ele disse assim: “vc ainda teem coragem de viim fala com migo” dai não conversei mais deve outro dia que perguntei sobre a camisa do 3° ano, como sempre desaforada me deu outro má resposta, dai nao falei mais coom ela, só quando a mãe pede pra fazer alguma coisa e eu tenho que da recado.

    Reply
  • Já aconteceu comigo sim, com amigos parentes e namorado (e como acontece com namorado). Na verdade já fui muito orgulhosa e preferia deixar pra lá e não conversar mais e pronto acabou, mas aquilo ficava remoendo na cabeça a ponto de atrapalhar em afazeres simples do dia a dia, porque dava uma tristeza e insatisfação pela situação.
    Fui muitas vezes atras para concertar erros e na verdade farei isso quantas vezes forem preciso porque isso faz muito bem a mim trazendo uma consciência em paz, e creio que isso é muito importante.
    Só um detalhe que faço e dá muito certo é tentar nunca conversar ou tirar satisfação no momento da raiva… contar até 10 ou passar 1 ou 2 ou 3 dias pra mim é necessário para evitar agir por impulso e piorar a situação e falar o que não deve e depois ter que pedir desculpas disso também… ai vira uma bola de neve… um tempinho básico é bom para analisar a situação, colocar os nossos pontos nos nossos “is” e agir com maturidade e sabedoria.
    Abraço Fabi.

    Reply
  • Já aconteceu comigo, percebi a indireta e também mandei a indireta, não foi legal, hoje não nos comunicamos mais, pedi perdão… fiz minha parte por ter iniciado algo que não é do agrado de Deus, porém como você mencionou as turminhas influenciam e acabamos nos distanciando.

    Reply
  • Acontece muito isto dentro da igreja pior é qdo vc vai conversar com a pessoa ela fica ofendida e começa a ser a vítima só Deus pra dar graça .

    Reply
  • Fabi Sempre tem alguém falando de mim, com raiva de mim por nada coisas que eles msm criam, fico me perguntando se eu que sinceramente oro e não ligo muito pra o que dizem, devo ir atras?.. ai fico pensando no que fazer. pq se ele ta com raiva de mim ele deve vir falar ou não? penso em ir pq aprendi que não devemos ser como pedra de tropeço.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *