Medo

Medo

Escrever um livro é um pouco se expor

Já experimentei o medo de várias formas. Foi escuro, foi do bicho, da velha do saco, da rejeição do primeiro amor, do espelho, da violência, da balança, do chefe, da incompetência. Mas agradeço a todos os meus medos, que me deram uma adrenalina e cautela para permanecer viva. Sim, os agradeço, mas até dispensaria, pois é de um desconforto enorme este frio na barriga que mais parece uma lombriga gigante, não?

É o que sinto agora se criando dentro de mim. Por muito tempo relutei em escrever um livro, embora fosse meu grande sonho. Escrevi um e engavetei, sem coragem de mostrar ao mundo até que um grande amigo e sua esposa (o Derson e a Daya) me convenceram do segundo. Convencimento veio, todavia o medo – de novo ele – amorteceu a empolgação. Entra em cena meu esposo que tem a maior confiança em mim, mais do que eu mesma, e me propõe bancar a publicação que eu achava que seria vendida apenas para a minha mãe, sogra, irmã ou cunhada. Ah, acho que uma tia também compraria, para me ver feliz.

Escrevi, reescrevi, li e reli. Para garantir dei para algumas amigas lerem também e aqui agradeço a elas: Leia, Elkeane, Wiliane, Denise, Nilza, Larissa e ao querido pastor Bomfim. Não sei se por caridade (prefiro crer que não) eles me estimularam mais e lá parti eu para os finalmentes. A Jojô revisou. Um amigo, o André Nadaline, que nem sendo de sangue seria tão brother, fez a capa. Uma promessa antiga. Meu irmão agora dá os ajustes na página, esta mesma aqui, que será o ponto de venda virtual e eu fiz a última revisão para a enviar para a gráfica. Em setembro vou enfim parir este filho que já está sendo gerado há bem mais de nove meses e me impede de olhar para os outros filhotinhos que querem nascer na minha mente.

Ainda tenho medo: de não vender, de não ser lido, de não ser gostado, sobretudo. Escrever um livro é um pouco se expor nua e isto, convenhamos, não é confortável. No entanto, descobri que dos medos e dos erros é que um dia acertamos, então, que venha este rebento de uma vez e tomara que todos vocês que leram até aqui, gostem da leitura e me escrevam para apaziguar o medo.

11 comments

  • Fabi eu comprei o seu livro uma Nova mulher em 30 dias e o próximo que eu quero comprar é Submissa, mas eu não encontro ele em nenhum lugar, só encontro com a venda dos dois que é Submissa e confissões de uma viciada em internet. Como faço? Preciso demais do livro Submissa. Me ajuuuuda!

    Reply
  • Fabiana do céu. Eu AMO seu vlog!!! Têm me edificado de uma maneira maravilhosa. Sou brasileira, mas eu, meu esposo e meus filhos (de 9 e 12) estamos em Moçambique na Africa já a dois anos trabalhando para uma grande empresa e no meio tempo abrimos nossa igreja aqui e temos levado a palavra do nosso Deus para esse povo sofrido e escravisado.
    Não sou adventista mas estudei no IPAE em Petropolis e foi um tempo muito bom da minha vida e entendo que a palavra de Deus vai muito além de placa e já percebi que você entende isso assim também.
    Quero MUITO o seu livro. Vai vender ele como e-book? porque nos dias de hoje as vezes é dificil carregar um livro…
    Continue assim, firmada na palavra, falando desse jeito especial que você tem de falar (porque eu queria ser mais descolada igual você, mas já fui tão criticada por isso que acabei me bloqueando e as vezes acabo sendo carrancuda e brava rsrs)
    Fortíssimo abraço e que Deus abençõe sempre e cada vez mais seu ministério e de seu esposo

    Reply
  • Querida Fabiana, gostaria de lhe dizer que seu “blog” é maravilhoso, fala de você, como única saiba disso, e medos sempre existirão mais eles servem para romper as fronteiras de nossa existência, sabe, dar aquele sabor no nosso cotidiano que as vezes parece não mudar, e aprender com os mesmos é uma dádiva, sinta- se rica e abençoada pelo nosso querido Pai celestial.
    Parabéns!
    Vilsa Lima
    Maranhão

    Reply
  • Senti-me muito honrada por sua confiança ao ter me escolhido para ler. e verdade. Gostei bastante. Parabéns mais uma vez pela competência e pela coragem. Quando nos arriscamos a escrever e publicar o que queremos dizer estamos também correndo vários riscos, além desses que você citou. Então é preciso coragem e confiança em Deus. Parabéns pelo sucesso. Você merece.

    Reply
  • Estou esperando ansiosamente por este livro!!!! Baseado nos textos lidos escritos por você tenho certeza que vai ótimo! Sucesso, com certeza!

    Reply
  • Oi Fabiana, acompanho seu blog e gosto muito dos seus textos, portanto não tenho dúvidas que será muito agradável ler seu livro!

    Fico aguardando para comprar o meu! hehehe

    Abração!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *