Meus dias em Camarões

Meus dias em Camarões

Meus dias em Camarões foram maravilhosos e agora, na hora de partir escolhi algumas fotos pra compartilhar com vocês. Ainda vou editar o vídeo de tudo o que estou gravando, para terem uma ideia melhor. Camarões já foi colônia alemã, viveu sob a tutela da França depois da Segunda Guerra Mundial e hoje ainda vive, pois o novo colonialismo reina sobre outras batutas e a economia é uma delas. Pelas ruas agitadas de Yaounde, com 2 milhões de habitantes, você vê de um tudo: carros, mercados tradicionais, trocas e os sorrisos daquela gente amável que não aprendeu a reclamar da vida.

Olha este garotinho tomando leite. Ficou me observando e não soltou um sorriso sequer, e nem precisava, pois me apaixonei de cara!

camarões_1

Foto de turista na praça do movimento de unificação, quando celebraram a reunificação da parte do país que falava inglês, com a parte francesa, todos unidos numa só República dos Camarões. Um lugar agradável e simbólico!

camarões_7

Amigos queridos que fizemos e deles ganhei um vestido lindo, típico daqui. Depois posto a foto vestida como uma local, pra vocês verem.

camarões_4

Indo para o interior (sempre onde gosto mais) a triste realidade de quem não sabe o que é ter água encanada em casa.  As bombas hidráulicas em cada vila abastecem a população que se habitou a ter uma lata d’água na cabeça todo dia, inclusive as crianças.

camarões

E é lá pelo interior que você vê as moradias locais sem o menor luxo, o menor supérfluo. É um fogo no chão pra cozinhar, uma esteira pra dormir e só. Durante o dia plantam e colhem, à noite descansam e dormem. Uma existência que você (com acesso à internet e muitas outras coisas) não faz noção do que é! Pra eles é assim, e sempre será. 🙁

camarões_6

Minha amiga cantora que me ensinou uns sons animadérrimos. Gravei até vídeo pra vocês, mas só vou conseguir editar no fim da viagem. Amo as roupas africanas e estas cores todas!

camarões_5

Este grupo de mulheres cantou e dançou pra mim, mostrando a cultura local e sua forma de adoração a Deus. Foi simplesmente incrível e claro que gravei tudo pra vocês! 😉

camarões_3

 

Próximo destino: Gana. Aguardem posts dos próximos capítulos de #fabinaáfrica

 

9 comments

  • Que maravilhoso! Tudo tão rico em história, cultura e vida!
    Se há por um lado a miséria e a pobreza (tão absurda e triste), há também um povo colorido, alegre e amado por Deus (sento isto o melhor de tudo:Amor de Deus!)
    Bjs, Fabi! Deus te abençoe sempre mais! Amo seus vídeos!
    E que venha GANA!!!!

    Reply
  • Fabi, que maravilha! É um trabalho missionário né?
    Você vai ai ajudar ou vai pregar também nas igrejas? Que coisa linda.
    Amei a foto do mocinho,.. Que lindo!
    Acho lindo o trabalho missionário..
    É como a Fernanda Brum fala em um de seus hinos “Como ouvirão, se não há quem pregue? Como pregar, se ninguém se dispõe a ir…”
    Que Deus continue a te abençoar, prosperar e te ajudar nessa caminhada/trabalho lindo ♥

    Reply
  • Oi Fabiii!! Obrigada por compartilhar suas experiências conosco!!!! Tenho tanta vontade de conhecer a África.. seus relatos são ótimos e fazem a gente se sentir lá!!

    Reply
  • Fabi, adoro tudo que vc posta, gosto muito dos seus conselhos, é sempre engraçada e carismática…Amei a sua explicação sobre a mulher do fluxo se sangue (Milagre de Jesus)..Bjs…que Deus abençoe vc é sua família sempre!!!!

    Reply
  • É uma realidade totalmente diferente da nossa, e eles ao invés de reclamarem sempre estão com um sorriso no rosto e tenho certeza que são agradecidos pelo pouco que possuem.
    Que Deus abençoe esse povo, e que conservem neles essa alegria de viver!
    E que possamos refletir e aprender que com um belo sorriso no rosto, com força de vontade e com Deus no coração podemos muita coisa.

    Mais uma vez obrigada Fabi por compartilhar cada experiência!!! Que Deus te abençoe, bjus.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *