Mulher fala muito?

Mulher fala muito?

Desde criança gostava de ser o centro das atenções. Pode jogar pedra se quiser, mas tem uma porção de gente igual a mim, daqueles que são os engraçados em volta dos quais a turma se reúne pra ouvir piada, ou o riquinho que buscar o entorno para se firmar como gente. Tem ainda a bela ou o bonitão que atraem um séquito aonde quer que vão. Bom, eu não era a mais bonita, nem a mais rica, talvez um pouco engraçada. Acho que fiz e faço um bocado de gente rir, até involuntariamente, pois não me lisonjeio de ser a boba da corte. Na verdade até tentei passar uma imagem mais “séria”. Não combinou com a indumentária.

De qualquer forma, toda esta lenga-lenga era para contar que hoje fui o centro das atenções no meu grupo de estudo intensivo de inglês ao afirmar: “existe uma explicação teológica e científica para as mulheres falarem mais que os homens”. Bastou para todos os presentes, e eram uns 40, pararem curiosos depois de tantas piadinhas sobre o vocabulário profícuo do sexo feminino. Embora, cá pra nós… homem fala, fofoca e arruma intriga com uma intensidade de fazer inveja a muita mulher. Posso até enumerar e nomear…

De qualquer forma, o argumento – roubado do meu médico que me falou disso pela primeira vez numa crise de estafa – convenceu alguns e fez outros tantos rirem. O fato é que existem inúmeras pesquisas afirmando que filhos de viúvos demoram mais para falar que filhos de viúvas ou mães solteiras. Não é segredo para nenhum portador de dois neurônios que crianças que falam cedo têm maiores chances de sobrevivência, por poder dizer onde dói, que tem fome, que tem bicho por perto e outras tantas maneiras de se defender e sobreviver. Disto isto, acredito que Deus fez a mulher para uma sublime, nobre e exaltada tarefa de criar, proteger e ensinar seus filhos e isto incluía (inclui) ensiná-los a falar e se desenvolver oralmente. Ora, está aí um argumento não só científico, mas teológico para provar que falar em profusão não é uma mera característica distintiva de gênero, mas um dom divino, um presente de Deus.

Ah, mas cuidado com o que falam, mulheres! E vocês homens… não invejem nosso “dom”. (risos)

3 comments

  • Concordo plenamente, a mulher realmente tem esse dom de falar muito!
    Porque se numa mesa tem 5 homens, 2 vão estar no celular, 1 assistindo tv e os outros dois desviando o olhar, porque não conseguem conversar seguidamente por muito tempo! Pelo menos meu marido é assim com os amigos! hahaha amo seu blog e seus posts Fabi!

    Reply
  • Amei!
    ” (…)incluía (inclui) ensiná-los a falar e se desenvolver oralmente. – Desenvolvimento da linguagem oral *–* parece até uma Fono falando <3

    Reply
  • Ok. I actually believe you’re right… Although many people would consider my wife to be a quiet person, she can break many records on ‘words’ per minute when talking to her mother! In fact, they talk so much that they’ve developed a technique where both are talking at the same time to each other – they understand everything, but it’s exhausting just to be around!!!

    Oh, one more point – James is learning to talk and if doesn’t matter how much Portuguese I speak with him… he only understands English! I wonder why.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *