Querido amigo ateu

Querido amigo ateu

Vivo pedindo dicas de como “converter” o amigo ateu, o professor evolucionista ou aqueles que não são cristãos como se espera. Bom, resolvi gravar as dicas em vídeo pra ficar mais didático.

14 comments

  • Video perfeito e de bom senso como sempre. Eu sou católica, mas como você disse, eu acredito que talvez Deus tenha um jeito diferente de falar com cada um, então eu não tenho o direito de implicar com a religião de ninguém, só fico triste de ver quem não acredita em nada.

    Reply
  • Fábi,
    Amo os seus vídeos, porque você tem uma mente aberta.
    Eu me identifico muito com as suas conversas.
    Acredito que esse trabalho de convencer alguém de algo é do Santo Espírito de DEUS e creio que conforme o tempo Dele.

    Reply
  • Amei o vídeo!!! Tenho 56 anos mas gosto de assistir a todos. Me divirto com as “Cacetadas” que você dá! Muito feliz porque hoje minha sobrinha-neta de 19 anos me zapeou que vai se batizar na igreja Batista no dia 29… Estarei lá tirando fotos desse seu momento especial. O curioso é que ela falou muito antes de me comunicar isso. Disse que ontem estava lendo a bíblia e abriu em Apocalipse 17 e viajou na maionese lembrando de tudo o que lhe falei sobre cumprimento de profecias e sobre a prostituta e que eu estava certíssima sobre o que eu estava querendo lhe dizer e que finalmente tinha entendido… e eu nem lembrava que tinha falado sobre esse assunto com ela… kkkkkkkkkkkkk… Curiosamente o pastor Arilton estava falando hoje no Bíblia fácil sobre isso e eu disse que gravaria prá ela assistir… ela disse que virá aqui prá assistir… Uhuuuuuuuu… bjs, te amodoro!

    Reply
  • Ninguém possui a verdade absoluta. As pessoas não gostam de pregadores que tentam mudar suas opiniões. Nem outros religiosos nem ateus gostam disso. Eu sou ateu e somente mudaria de opinião filosófica caso houvesse uma evidência concreta e comprovada por experimentos. No mais, um abraço humano a todos(as).

    Reply
  • Bem Fabiana, parabéns pelo vídeo. Já fui adventista, inclusive meu pai é teólogo da UNASP, mas por contrastes, debates, estudo e convicções pessoais larguei o teísmo e hoje considero-me ateu agnóstico, levemente pendendo para a versão gnóstica. Possui n motivos para tal, mas respeito o cristianismo quando vivido de verdade, pois é uma ideologia muito, muito benéfica, quando carregada do bom senso que tu demonstrou neste vídeo. A questão é bastante simples, se a bíblia está certa quanto à verdade do universo, então suas premissas tem de estar, e uma delas é que a vontade, o caráter e as tendências humanas são afetadas pelo Espírito Santo, e que o trabalho de conversão é realizado por “Ele” e não por humanos, sendo estes meras ferramentas nas mãos de um cirurgião. Amigos cristãos, se vocês creem em seu Deus, deixe que Ele faça o trabalho dele, e façam o vosso. Sejam como seu Mestre lhes ordenou ser, e se seu Deus existe, ele fará o resto. Se não, de que adianta nos aplicar reprovação, perseguição e rejeição social? O salário do pecado não é a morte, e todo aquele que rejeitar a morte do cordeiro não terá de tomar sobre si seu pecado e perecer finalmente? Pois bem, seu Deus, segundo sua própria descrição, é justo tanto para perdoar quanto para punir. Portanto, deixem as punições com ele. Deixem as conversões com ele. Ajam como Cristo e muitos serão convertidos naturalmente. Podem ser firmes em sua fé. Podem defendê-la. Podem pregar. Mas não enfiem sua interpretação da verdade aos outros sem uma bela (e sustentada) discussão prévia e aceitação mútua. Parabéns Fabiana, espero que seu exemplo de bom senso seja seguido.

    Pois o cristão é exemplo mesmo sem o querer.

    Reply
  • Oii, Fabi! Tudo bem? Gostaria de saber uma coisinha…só você quem escreve para o blog? Você aceita ajuda de colaboradores? É que eu escrevo também, claro que nada comparado a quem publicou três livros, mas sempre faço minhas reflexões sobre alguns temas, ou algumas passagens bíblicas, e gostaria de saber se você aceita textos de outras pessoas para publicar, enfim, não sei como é pra você e gostaria muito de saber se tem algum espaço para quem se arrisca a escrever. Aguardo sua resposta! Um grande beijo, Deus te abençoe!

    Reply
    • Lari, geralmente sou eu, ou alguns colaboradores que convido, mas quero mesmo abrir um espaço para novos “autores” aqui no blog e em 2016 esta será uma novidade aqui neste espaço, então fique atenta, viu?! beijocas

      Reply
  • “(…) Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo.” 2 Timóteo 4:2
    Assisto os seus vídeos e gosto muito deles, mas no caso deste vídeo, eu fico com a Palavra, inspirada por Deus, que nos manda pregá-la!
    Tenho consciência de que devemos ter uma vida de exemplo de amor Cristão, mas também devemos pregar. A Bíblia fala muito sobre o pregar a Palavra: “(…) Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue?” Romanos 10:14
    A nossa vida cristã deve ser o binômio testemunho e pregação.
    Eu trabalhei por alguns anos com uma pessoa e nunca tinha falado de Cristo para ela, apenas dava “meu testemunho” de cristã, no entanto, quando passei a conversar com esta pessoa e a falar sobre Jesus, pouco tempo depois ela se converteu e está até hoje nos caminhos do Senhor, após 4 anos de convertida. Então eu acredito que dar testemunho é importante. Pregar, mais ainda. Os dois se completam.

    Reply
  • Pois é Fabi,

    Já fui de outra igreja, hoje sou da IASD, mas posso garantir que nada mudou em relação a salvação. (Já te mandei minha história)

    Não me converti na IASD, me converti aos 4 anos na Igreja Batista, igreja que amo e sempre amarei, pois foi lá que aprendi quem é o meu Deus, foi lá que aprendi a amá-lO, foi lá que aprendi o respeito e o amor ao próximo, o que mudou na minha vida foi o processo de santificação, não de salvação. Lá e cá é só Cristo quem Salva, sei que há muitos filhos de Deus, salvos, em todas as religiões.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *