Tenho medo delas

Ando preocupada com distrações. Elas me preocupam porque não parecem tão ruins à primeira vista e nem de perto são de fato más. O problema, efetivamente, está no espaço que damos a elas na nossa vida, na nossa rotina. Isto é que anda me tirando o sono, literalmente falando. Ela vem como um passa-tempo, um momento de prazer, um direito seu ao descompromisso com o rendimento, com o esforço e isto, convenhamos, é até saudável. O problema é que invariavelmente ela cobra espaço. Nem nos damos conta, mas ela vai tomando seu tempo aos poucos, pois é discreta. Eu chamo de distração, mas você pode dar o nome que quiser. Cada um sabe do seu.

Todo o imbróglio vem quando ela se instala feito vício e aí sim o negócio complica, pois vício, sabemos, este é como raiz de planta ruim: por mais que cortemos, tiremos, sempre volta. Às vezes precisamos de veneno e não sem dano para o terreno onde está ou as plantas ao redor. Ando preocupada com distrações. Internet é uma delas. As redes sociais são incrivelmente eficazes para nos fazerem menos sociais. Damos risadas com 🙂 e fechamos a cara para quem está do lado. Vivemos com fones nas orelhas e não damos ouvidos para quem chora, grita ou geme logo ali na frente. Chamamos para conversas no MSN, DMs no Twitter, mas ai de quem nos chamar! Ando preocupada com distrações.

Tenho medo delas. Acho que você, amigo leitor, também deveria ter. Sinto que as distrações de hoje são diferentes das de ontem. Roubam mais tempo, requer mais atenção, múltipla atenção. Faltam concentração e paciência com coisas contínuas como uma a conversa de quem precisa ser ouvido ou tempo de um livro que deve ser lido. Não sobra foco para aprender, pois o aprendizado da distração costuma ser como castelinhos de areia que vão embora com a próxima onda. De mãos dadas com a distração, meu tempo se perde, minha atenção é freada e coisas realmente importantes passam despercebidas…  Ando preocupada com distrações.

“Estamos ligados aos nossos atos como um fósforo à sua chama.” André Gide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *